quarta-feira, 31 de março de 2010

final certo.



“Só de saber que
não te verei... diante, dos...
Entre três dias ou mais...


E que também, não te olharei 
pêlos, canto e de lado.


Nem teus...
distintos, entre...


?


Teus dentes,
entre, linhas claras e
maçãs verdes.

Teus olhos.


Acima de micros e
Vasículas e spelicu, Lias.

Líricas e dades... dade dade.
Lineariedades.


?

Eu sinto sim, o sal que corre
D'águas de seu...
 
  Ah, seu nariz...
Assim, é... ain ain, nada demais!
É só um nariz afinal.

Nem tão fino nem
Peculiar.
não há como
Defini-lo em palavras ... 


bonito talvez.

Ah, é... o que adianta
se não poderei.
ver-te
E teus Movimentoss shí (XXX), não!


Não,
saberei, por onde andas, e com
quantas...

Não poderei saber, sobre tudo, 
claro...
Como tentam sempre o saber, e sempre
 todas.

Nem... o.       Quero!

E assim, nada explica o que freud, (tem que lê frEEud.)
Não, mais diz pra mim.
E não sei, o que será.

Sei...
Se, não me deixares um... REC.
Se me chamares antes,

Se não me deres: Tchau...
Adiante, não.
Irei...

Só eu não.
Também ficar-ei, 
de estar...

- Ei ei, sai pra lá.[ ( nem te apresenta)
nem te apressa]

Em suma, eu sentirei sim, tua,
falta e quase te odeio em tempo,
como os pães que como.

Que meu tempo é, integral.
E sim, meu véio, não uso saltos pra...
Tu é alto e tudo, blá blá blá, o todo e tento.
Acalento, não me aguento. E...

E o resto de ti...que as vezes me olhas de canto de olho por detrás. (me bota num, eu gosto da tua bota[de couro]. ¬¬ )


Há tempo para despeças.
Despedidas de peças,
e roupas,
de banhos.

sempre há tempo.
O tempo é a tempos, 
o mesmo
e é A.

e as vezes nem chove em temporais...
mas eu gosto de raios, e logo após vem os arcos
e de flores

e ainda hão de haver sorrisos.
nos teus (e que tanto)
e tão meus, teus Olhos.








Jamille Machado da Silva.

sábado, 27 de março de 2010

Por Que a Gente é Assim?

"Mais uma dose?

É claro que eu estou a fim

A noite nunca tem fim

Por que que a gente é assim?

Agora fica comigo

E vê se não desgruda de mim...

Vê se ao menos me engole!!!

Mas não me mastiga assim,

Canibais de nós mesmos

Antes que a terra nos coma

Cem gramas, sem dramas

Por que que a gente é assim?

Mais uma dose?

É claro que eu tô a fim

A noite nunca tem fim

Baby, por que a gente é assim?

Você tem exatamente

Três mil horas pra parar de me beijar

Hum, meu bem, você tem tudo, tudo

Pra me conquistar

Mas você tem apenas um segundo

Um segundo pra aprender a me amar

Você tem a vida inteira, baby, a vida inteira

Pra me devorar

Pra me devorar!

Mais uma dose?

É claro que eu tô a fim!"


(Por Que a Gente é Assim?

Cazuza

Compos::. Cazuza +_+ / Frejat*-* / Ezequiel Neves ?? )



Seu merda. te odeio. por te querer.

com uma e segundas, e a quantas... intenções.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Today, Ed... I miss you.

Ed

Me vi e me enxergo
com saudades tuas…
penso se estás bem?
e o por quê, eu bem sei.

Eu me preocupo,
me desencano... mas.
Sempre me lembro:

De ti cansado da vida
De ti de cara pra palhaços.

Mas meu amigo és.
E sempre meu, eu te
Amo.

Teus olhos, me dizem a verdade
Mas... teus atos.
São tão drama.

Tu és parte de mim, porque me identifico
Muito com tua pele, teu nariz.
Tua voz... e tuas mãos, balançando...


Um violão seco, de madeira curtida.
E claro, nunca souve qual
era o teu de verdade.

Mas a tua, voz, nem tão seca,
nem fina.

E ele fixo entre teus joelhos e colo.
Entre teus joelhos fica,
tuas tatoos de carinhas, sorrindo.

Sempre e eu acho que é
pra mim.
Mas eu sei que não, mas...
eu sorrio de volta.

E me deus...
Me deu uma puta saudade tua.
De ir pros fundinhos do studio
E não fazer nada.

De contar as lagartixas... e tentar dês
Vendar, sobre sua árvore genealógica.

E ir comprar e fazer rolos, pra ter...
Sendo que logo ali, tinha um pézitos.

E, lógico que nunca descobríamos...
Sobre suas famílias...

E sempre que, eu subia no banquitos tripé,
pra tentar
tri que voltavam...

Elas voltavam pras suas casas...
e ó, que lindo.
Era hilário e me divertia muito,

O publitos, que issso nem era nome de gente: Públio.
E sua primeira namorada Jamille.
Que nostal, gia.
Que vontade de voltar lá e gravar.
E ver os amigos, ver a Janis Joplin.
Falar em inglês e ser entendida por todos...

-Do you like beer?
- Yeh.

Boa noite meu amigo, meu
Um dos melhores.
Sempre estarei e mesmo longe, por perto.
E nossos projetos nunca escritos
Saíram de casa,
e viram e todos os estádios
que quisermos.

E todos que nem, o escutarão.
Porque vai... tocar o terror!
E os olhos se encheram...
E mãos abertas palmas...

Quem sabe um dia.
A gente não grava nosso som.
Te amo meu.
Te visito logo.


26.03.10
Noite e dia.

quarta-feira, 24 de março de 2010

dã.


e sim eu gosto de chocar pessoas, mas sei que se eu me visto mal,
vão rir da mesma forma.

vou parar de se retrô.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Odeio Francê.

Odeio, fazer biquinho e fricassê.
Cultura Gay.

Sou macho e muy.
E minha voz se sobre sai...
de mim!!

Não vou falar e não aprendo quase nada.
Sei ler e entendo...

Mas... se eu ler mesmo o que me pedem já to até gemendo.
e ISSO na aula, não é comigo.

Bjs, não ME LIGA.

Tri que vai sempre pro Lugar errado.


Me, amo meu,
só eu mesmo.
Pra me, e amor.

Te amar assim...
Dessa forma. biz...
E romana, tochas
eu apago.

porque eu pego o
bus errado...

entro na turma
de espanhol, comendo...
sandwich.

inglês, to perdida e genética
médica, me toca a alma.
sonhos...

Leio The piano, e me odeio por não
ter um, que tanto!!! Quero tocar.

Porque custa, só 2 mil e o que quero. Tanto.
E 2 reais ainda bem que tenho pra voltar
de onde erradamente fui...

Faço sempre,
tudo e quase;
errado.

e é lindo de ver... alguém assim por de fora.

(E Jami, jami... Foooochuuous.)

Tri que achei que tava no Kung Kung e era,
Tae Ko.
nem tava... no lugar certo.

Porque não deveria ter ido... pra lá.
Nem ter feito nada do que fiz,
porque o que eu queria fazer...

Ah...sempre tava a esquerda.
do meu peito.
e do lado certo pulsava...
quase saindo.

Odeio, ser e ter; que:
Ser jovem e ter visto ou ouvido tanta.

(Oi, Ê.
Oi, ô...
ARÊ, are.
rare rare. Baba baby.)

Ou quase nenhuma, nem ouço
sou surda pakas.
por isso grito.

Quase nenhuma,
Placa, Li.
picos fui, ou tomei.
picas levei. ¬¬
Dera... mas...
Só li livros em movimento
e vejo filmes na Tv.

-BOBAGEM!
deu de perder.

O que nem quero mais,
Nem te quero. Ô.
Nem te vem. Pro meu lado.
Nem te conheço.
Nem me rê.

Tem, mais e outros Carnavais.
Outros fevereiros e águas de.

Sou um ser errante,
e se tu quiser,
te pego, mas me liga, dã.

Aprende a ser antigo e encontrar alguém...
que não, tem Celular.
Ou não, mesmo.

Te rê formula.
Se não, te in.

Te Retorno.
Te enfor...

FooocuOus!
Força.
Te...

De Pêndulos.
Pelos punhos.
E te bato.
Na cara!

FocuOus, jami, te foqueia...
se não eu mesma te informo.

Compra um carro, abre uma conta,
não um focus e meu, tu sabes contar,
não deixa te dizerem o que tu ou não, podes
fazer.

Um detalhe, muda.


As vezes ,pode não fazer nenhum ou quase
sentido
pra ninguém.

nem quero, dar!

Não gosto, de explicações.
Mulher... Faladeira.

Marocas...
Só se complica se não encontra
se Cabeça de Batata

Se não, Não e se encontra só.
Mas se encontra e não:

"FICA COM OS OLHOS ZANGADOS PRA SI."

e moça, isso é feio, pra uma moça de sapatos... Vermelhos.

domingo, 21 de março de 2010

Nem me mexo.


To morto to torto

Meus olhos não se mexem minha cabeça não se abre!

Meu corpo não me abistrae, mais... e só.

Danço no meu. Em ninguém

Só me olham e se...

Entrigam, se abrigam a se

Obrigar a se...

e se brigam... QUÊ?

Faz corpo! O que, o tempo já, Não. mais.

mais me obedece, e des graça!
Que sem, e falsos.

nos camêlos fazem, nenhum, só, tranz.


E o preço, só encarece e o sacos de lixo crescem, na mãos de reis e de arques.

princes of pers


Nem, tem mais o mesmo uxo.

Sô emo, pô e nos dias de hoje, isso é só um

CLICHÊ.

sábado, 20 de março de 2010

Futuras Eng. da Ciiivilização.


Então, menininhas da Facul:

Eu tenho que rir, pra anão chorar!

Porque já chorei demais.

E agora resolvi assumir, 1/2 careca.

E sempre e quero, fazer.

Se, querem festinhas de Rock'n Roll...

Nops, não é assim:

Pagar milharias? Pra entrar?

Botar seguranças de Branco?

Sentado!!!! Na portinhas?

é banco agora? Tem giratória.

Tem oração?

Tem que suplicar pra entrar?

-A gradeee, é pequena demais! Pra nós todos.

Groupiiies.

E 1 só... Com lista?

No! Sense.

Isso aqui é a Big Riveria...

Não se atrelem...

Não se impressionem.

Não me atropelem, carros.

É estranho, e é legal sim!!!

Eu amo.

É um nano amor.

Mas, já sabem que,

E enfim: Tudo acaba em Pagode!!!

Bate cabelo, roça roça...

Né, minhas Filhas.^^

Em batucada na frente da Caseria de madeira.

Meninos lá dentro, namoradas por fora.

Eu!!! A mijar e Ando nos carros...

Aráá pára Tú. Ô dô!!! - Troço.

Fiz sim, desculpa Deus.

Caminhonetas, arvorezinhas e arbores...

também.

E ali... vizinho, da esquina.

Desculpem a:

todo mundo.

menos quem quer e só, fica.

Queremos o mesmo;

Querem mesmo, é se dar bem...

Mas saibam... já, que: não quero mais.

E nem menos, quis, ante rior,

nem muito, nem melhor, sou,

que outros. ( 500’s) .

Não sou e nunca fui.

Só que na intima eu escuto:

I'm stucked in the middle.

Eu... só no jah, na paz, do jazz.

Eu escuto Soul.

E todas almas.

Apertadas, e safada! Você hein.

Se teu amigo me grita, eu grito de volto e te trago, uma flor.

Minha linda.

Mas... se me apontas os, e um dedo pela Grade,

Não ficas a espera... dos porcos.

Porque eles vêem!!!

E acabam sim, não com a pobre!

Que ganha bebidas.

Porque é só, legal.

E sim, é com a nervor zinha Rica, que tem o mais

Novo: iPOD, e se exibe.

Porque Pode, e pode tudo,

até ali.

Eu to bem maquiada, meu bem,

pra ele mesmo.

Só pra não parecer: estranho.

Só as unhas, nada significam.

Faz isso, fica lá.

E quem não

Tem Alvará, nenhum e nenhuma

Decência.

-Damn It, door.

Cheios de defi, e culpas da idade.

Me ofereceram balas... de dentro.

Nem quis

Seus vendedores, de: sorrisos.!!!

Anã, ar quista aqui sou eu.

Arquivistas de...

Deixa o papel de Louca pra mim.

Se me aponta o dedo: não vira as costas, não!

Eu estou...sempre a me...

A te olhar pelo retrovisor!

E os caras vem com suas sirenes, e...

Eles ficam, entram, riem, e eu também;

porque minha Id, tá no bolso.


E in, ou feliz: Não devo. (DEVO, é bom pakas).

Nada, nem quase tenho.


Sempre eu estou a te:

Logo ali, logo a frente, por trás, não.


Eu não pulo, mas, penso na Hipótese de:

Mas de ladinho, eu fico,

do lado de forada casa,

porque patty, na tua festa eu não

e nem quero entrar.


Mas de ladinho, eu fico...

Que é onde eu prefiro estar.

Deitadinha com meu... careca,

e loiro sim, como os teus!


Porque ele ali... assim, ah...

Estava ao meu lado:

ALL THE TIME.

( mas... isso já é outro poema. }

sexta-feira, 19 de março de 2010

Mãe, Pessoas... Se querem!

a se querem...
eu rezo.
eu já nem faço, sexo.
nem gozo.

nem me presto mais
pra essas coisas.

já me flagelo e auto.
já sofro e tenho medos.

Só me sacrifico.
e nada.

O que mais, querem que
agora eu? pare...

De beber, de fumar, de escutar
Marilyn Manson? Ver trasheirias...

Já não me afogo, nem aos...
mais peixes, nem os como.

Parem, parem!!!!
De tentar me convencer.
Me converter. odeio, odeio, odeio ódio
Deus!!!

Sempre e está...
Ali, logo ali, sempre ao meu lado, do esquerdo, do direito.

Desculpem, por ter Peitos.
Mas...
Me respeitem.

preciso de um emprego:. Eu

Serei simpática, e: não darei preferência a: Ninguém: "Idosos", e sim a quem chegou primeiro, nem "a deficientes"... não os considero, nem os pós, nem pré-conceituo. Crianças... eu dou Doces sim... abro a bolsa. E tiro o maior pirulito que elas já virão, ou viram em anos. E digo para as mães: - Manda, ela escovar esses dentinhos, hein! Que tá linda... Tcharáh.

Abrirei, e fecharei portas, lavo as mãos e vidros (se quiserem) de hora em hora, quando saio pra tomar minha dose de cafeína e cigarros, horárias...

Serei divertida, mas... Não puxo, não passo e não entrego os sacos pra nenhum Superior.

Mas... eu juro, que se a política da empresa me obrigar... eu:
Saio.
Porque eu não faço o que minha moral, não permite.
E saias, justas, já me bastam.




ÉTICA, "é o caralho", meu pau de óculos, meu pai de bis, meu punho inteiro no teu cu.
Com acento. Porque depois tu não... mais sentará.


Tenho um corte bizarro, uma raiz loira, mas eu fico ruiva, morena.
Tenho PIRÇO na cara, mas ele sai e vai pra dentro. ^^ ¬¬
Deu de serem burros, deu de verem.
Querem que suas empresas cresçam???
Me chamem, Porra!!!!


É Justo ?
Um...emprego, do qual eu já não use, roupas, nem ouse.
usar, o que e as quais não uso em Fest Rock's !

Só porque eu sou bonita, só
sou bonita, porque eu sou
inteligente.

Sou negra, sou afro descendente.
De...
Cadente. [ Carente... sEMPRE ]
Mas... feliz, tenho todos os meus
parentes e den, tro deles, de cada coração.

Ninguém me dá dinheiro, acham que eu uso
drogas, acham que eu estou no Crack... [ ¬¬ ]
Mas... eu vou provar... [ Não o crack, deus ]

...Que eu vendo sim!!! Tudo da casa, e troco
por instrumentos...
Vou presa, mas vou feliz.

"Meu vício é música e amor."

quinta-feira, 18 de março de 2010

Féeeecha essas porta.


Mãe, dá pra fechares essa porta.

-Quê?

É que tem, 3 portas abertas.

2 lâmpadas

A da frente, a da cozinha, e a da grã.

Eu não gosto de barulho de maquinaria.


-Mãe, eu presto e sempre

Atenção em todas.

2 Tv’s ligadas, um Back i Ar

Di gans.

2 Trabalhos por Fazer, 1 incompleto.

E ninguém entende.

Porque ninguém, faz letras.

E sabem como é o Curso de verdade.

Ninguém nunca, entenderá como é

Algo, que não está.

Ninguém conseguirá falar, sobre algo

Sobre...

Sem argumentos.

Se já, ou se nunca sentiu.

Eu já tive e senti, tudo e todas.

Por tudo e todas.

Mas, e eu?

Todos me chamam pra sair,

Ninguém me paga pra nada

Usam e desusam,

Minha linda e per feita

Imagem. Pública.

Sem nada a cobrar.

E eu sempre, com a mão aberta,

A bebida na outra fechada.

Deitada, estirada.

O fígado sempre intacto, o

Coração pela metade.

Dos preços...

E os olhos... borrados

....Forçadamente.

[ Forço as barras, todas, sou a ansiedade em pessoa! ]

Maquiada, eu estou e por quê?

Jam? Geléias, são caras.

Essa sombran cêlha

É falhada... Desconexa; Press ión. Nada...

Dis léxica. Lesbian

Deixa, pra lá, mesmo.




Onde fico nisso tudo?

Just, A Kind Of F.


To cega, é a Seca, ou a franja?
Escasso no Espaço
Art Temporal

Segue ali, Lê
em inglês DOLLY.

Escape. Tu irás encontrar.


A saída.

Tu não é burra, falas mesmo.
Tu te esqueces, de tanto que já.

Viu e ouviu. É por isso que eu só como:
Algas;
ou algo assim.

Kind Of,
Fuck yAH.

Ja mille, Blind ? Or Armor ?



She lay in bed all night watching the colours change
She lay in bed all night watching the morning change
She lay in bed all night watching the morning change into greenand gold

The doctor told her years ago that she was ill


The doctor told her years ago to take a pill
The doctor told her years ago that she'd go blind if she wasn'tcareful

They let Lisa go blind

The world was at her feet and she was looking down
They let Lisa go blind
But everyone she knew thought she was beautiful
Only slightly mental
Beautiful, only temperamental
Beautiful, only slightly mental

Beautiful...

She thought it would be fun to try photography
She thought it would be fun to try pornography
She thought it would be fun to try most anything
She was tired of sleeping

They let Lis.. A go blind, let Lisa go blind, let Lisa go blind
They let Lisa go blind
She's looking like a queen
But if you knew what's going on in her life
There'd be a thousand barren mothers there to talk to her
If you knew what's going on in her life
There'd be two hundred troubled teenagers to sit with her
And to talk to her
If you knew what's going on in her life
What's going on in her life
What's going on in her life
There would be a documentary on Radio 4

She made herself a pair of orthopaedic shoes
She thought it was the answer to the fashion blues
She thought it was an answer to the fashion blues
But she walked with a limp

They let Lisa go blind, let Lisa go blind, let Lisa go blind
They let Lisa go blind, let Lisa go blind, let Lisa go blind
They let Lisa go blind, let Lisa go blind, let Lisa go blind
They let Lisa go blind, let Lisa go blind, let Lisa go blind





terça-feira, 16 de março de 2010

matadouros, couro e narcóticos.

O bebê baba
A babá é boa
O boi bebe.

O boi come a vaca...
E pastas.. a mãe carrega.
Na barriga fétida.

Sendo assim a vaca, proporciona
Logo, leite pro bebê.
Que um dia, irá babar pela babá boa.

Se for bebê homem, porque se for menina
Comerá bois, e usará couro como sua mãe.
Nos pés. Nas mãos: bolsas.

A babá não proporciona leite.
Do qual, o bebê tanto e quanto quer
Sua mãe, não o dá. Bola.

Mas dá leite e babá, bebeis, bebê.
-Te dou tudo, que tu precisa, e babeiros.
Por isso o bebê, baba.

Pela boca, regurgita e das suas entranhas,
as mais estranhas coisas saem
e voltam, ele arrota.

A babá bate! Nas suas costinhas.
Tão... Tão pequenininho.
-Assim, ele para de chorar.

Sua mãe, não o dá leite.
Na boca, não o nana tanto.
Nem o difere dos gatos e sapatos.

No closet que se abre escondido,
para o bebê não saber
abri-lô, ele morde os bicos.

São tantas línguas na cabeça
Que não há espaço.
E tanta maquiagem abaixo dos olhos.

Que ela, já não mais vê, não há espaço.
A esconder as olheiras. Que tantas dores?
De cabeça? Cartões e contas, peroladas.

Só pelos seus resíduos sujos e mórbidos.
E suas orelhas furadas...
A pulseirinha ainda suja de sangue.

Que tanto?

Dê bala pro neném, mamãe.
Dê um doce.
Logo.

Só um quartinho, num cantinho,
Só ele vai saber. E logo tu descansa em paz
E o bebê, vai viajar.

Tudo vai ficar bem.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Passarela + vinho+ depressão + corda

Na certa.

ColdPlay - Violet Hill



Was a long and dark December
From the rooftops I remember
There was snow white snow

Clearly I remember
From the windows they were watching
While we froze down below

When the future's architectured
By a carnival of idiots on show
You'd better lie low

If you love me
Won't you let me know?

Was a long and dark December
When the banks became cathedrals
And the fox became God

Priests clutched onto bibles
Hollowed out to fit their rifles
And a cross held aloft

Bury me in armour
When I'm dead and hit the ground
My nerves are poles that unfroze

And If you love me
Won't you let me know?

I don't want to be a soldier
With the captain of some sinking ship
With stow, far below

So if you love me
Why'd you let me go?

I took my love down to violet hill
There we sat in snow
All that time she was silent still
Said if you love me won't you let me know?
If you love me won't you let me know?

domingo, 14 de março de 2010

Numeros Repetidos


Vou Explicar Logos
Não sei..

Se posso
se acresirei algo
se complicarei

tarão, em tuddo
eles aparecem
eis o chamado.

para os mestres.

sábado, 13 de março de 2010

auto flagos


Não tenho sala,
Eu faço fogueira na lua
ou meia.

Eu queimo o braço
e o pastel.

Eu caio, da cadeira
e me puxam de volta,
eu resbalo na varanda
bato a cabeça.

Quem suava? Que suadeira!

Eu vou embora, mas me perseguem!
Eu bem que tento.
Eu vou embora mas o vento ta contra.

Auto Flagelação?
SILAS?
Joana Dark?

Eis O Código.

Da Vinci.

Vidi
Vini
Venci.

Não e há.


Nesse mundo de sobriedades
de tragédias e de...

Eu não mais quero, mais dormir.
Eu estou, nem ai.

Vivo no Absurdo, na Comédia louca.
Em uma, em duas.
Em um palco melô...

Ensandecida, Ascendida, Apagada.
Esclê! Rosada.

Cheia de flores, ou dores:
margaridas.

Entre o pó e a Penugem,
estão elas: nulas.

Flores rosas ou jasmim.
Jas em paz
em lápides de marfim.

O lápis dói, em todos os tolos,
que apagam os escritos dos outros,
usam borracha e
ouro no pescoço.

Agridem os mais e menos
Velhos, e é a mim.
Que me dói.

É entre o pó e a Ferrugem...
Que estou.

Não estão nem, não há fogo.
Não há dono.
Não há.

Entre o pó e a fer. Nãn.
Eu nunca fui pra fernando de lá.
De noronha.
Nem pra Roma.
E sei.

Não há;
Não há.

Enquanto houver uma gota
D’agua, ou pedaço de bolo.
Chão fértil, ou não?

Enquanto houver um chão, um que não seja fútil,
Ou não.
Plantarei a minha!
Eu tenho minha sina.

Enquanto houver saudade, ou uma única
De uma única mulher por um...
Por uma única

Laguna dos Patos,
Patadas levarei.

Mas, pitarei em paz...

Porque eu plantei
Eu colhi, eu lavei.
As mãos e dos outros.

Ainda haverá espaço pras flores
Belas e seus amores.

Elas nascem mas...voltam
E se renovam.

Santos choram sangue,
e aparecem em sonhos
em cemitérios,
e em lembranças.

No olho e no brilho
De cada estrela.
Cadente descendente
dos vivos.

Ainda houve.
E verás, espaço em...
E outros planos pras flores
Tão mortas e escondidas pelos carros
Pisoteadas e.
Tão mortas e tão delas.

E como se nasceram, se remanesceram.
Floreceram.

E ninguém, ninguém., ainda pára.
E ninguém as iram parar.

Estarei não apenas só, mas
Com todas as mágoas do mundo.

Pois minhas mágoas tem bóias.
E meu estômago está.
Sempre mais vazio que meus.

Figos, Lírios e Ábacos.
Flores...
Meus olhos são negros.
E avermelhados.

Porque nunca há olhos pra olhar.
Cheios de sexo e sem nexo pra cantar.
Tocar ou dançar.

Há. a...

Haverá. Aqui em meu coração.
Ainda há solidão.
De tristes flores.

Sorrindo.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Sempre digo que vou e não vou.

Sempre vou e Já FUI.

Sé és meu amigo
Não és nostra.
Gente, ou Damos.

Vem que tem, porque eu mega
eu gene,
eu estudo eu generalizo.

Eu estudo eu progressivo
eu não digo nada, eu só estudo.

Eu nunca li nada, eu só fiz tudo.
Eu nunca fiz tanto sexo, eu só nunca fiz.

Eu só sempre disse, que me disse, eu só.
eu só, eu sempre fui só.

domingo, 7 de março de 2010

sem

assim, comendo uma massa contigo
assim... massinha.

não tem a massa aqui aquela
molhadinha.

mas... tem um bom, vinho.
e tu ta aqui, ali, logo aqui.

na tua casa.
eu to nua, eu to semi.
eu não to na tua.
eu to em todas...
mas,

se tu quiser...
tu quer que... eu te....
mas eu quero escrever pra ti
eu não te escrevo nada
eu só escrevo na agenda

eu só bebo e faço...
e fumo e não trago.

eu quero.
eu te faço, o que tu quiser.
mas... se tu insistir, não!

Não faço nada, nem te digo nada.
eu sou louca e admito
se tu quiser, tu me atura
eu cozinho, como tu cozinhas.

tu cozinha, como eu cozinho?
acho, que não.
na verdade eu tenho certeza.

Várias, já tenho de ti.
pra ti e aqui, entre nós.

adoro tua cama, adoro teu tempo.
teu sinto, te sinto, teu acento.
te adoro.